Nós somos o 8ºB da EB 2,3 Matilde Rosa Araújo. Este Blog surgiu porque a nossa profª de Língua Portuguesa, Dina Pécurto, teve a ideia ;) Aqui estão textos escritos por nós e para quem não gostava da disciplina até que nos desenrascámos bem ;)

25
Jan 09

 

 

                Certo dia de Verão, saio de casa toda contente, vou com os meus amigos à praia e logo pensei: “Vida louca, fixe!”. Passo para o outro lado da rua e vou ter com o Carlos e com a  Joana.

Quando chegámos à praia já lá estava lá a Felipa, a Bianka, o Bruno “Ovelha”, a Diana e o Rocky.

Todos contentes, vamos para a água, enquanto alguns ficam na areia a namorar.

Dou um mergulho, sinto a água boa, não estava nem fria nem quente. De repente, o Carlos diz para fazermos uma corrida, claro que aceitámos, sem hesitar. “Partida, largada, fugida”, todos desatam a nadar.

Eu, como sempre, estava em primeiro lugar, mas uma grande onda passou e quando me levantei para ver a que distância estava, arrastou-me para o fundo, fazendo com que batesse numa rocha.

                Meio tonta acordo num sítio estranho, num hospital. Chamo por alguém, mas ninguém aparece. Desato a chamar nomes “à toa”, mas nada… lá me decido a levantar e vou à janela. Não se via nem ouvia nada, nem ambulâncias, nem pessoas, nada.

Resolvo fugir e como estava esfomeada, entro no Lidl e começo a comer tudo que me aparece à frente, volto a desmaiar.

Tanto barulho?! Palmas!? Mas eu não estava doente?

Meu Deus, estou no estádio da Luz!

No meio de tanta gente oiço chamar o meu nome: “Feligénia, Feligénia, Feligénia!”

Hã, hã, hã…. Mas que se passa agora?!

“Sou eu a tua irmã… chega de dormir, acorda e vai para as aulas que já estás atrasada.”

Feligénia

 

Quem escreveu mra8b às 21:45

Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivos
Pesquisar
 
blogs SAPO